Jordnia, noite em Wadi Rum - Sbados desde 1799.00

A Jordnia, uma nao rabe na margem leste do rio Jordo, conhecida pelos seus monumentos antigos, reservas naturais e estncias beira-mar. o bero da famoso Petra, a cidade misteriosa erigida pelo povo Nabateu, situada num vale estreito, com tmulos, templos e monumentos esculpidos nas encostas de arenito rosa. Visto Obrigatrio
1 - Requisitos de entrada

Para visitar a Jordânia em turismo, os cidadãos portugueses necessitam de passaporte com validade mínima de seis meses e visto, que pode ser obtido à chegada no aeroporto de Amã.É ainda necessário o preenchimento de um formulário de entrada e o pagamento de 40 dinares (aproximadamente 50 euros), que corresponde a uma entrada única e estadia com a duração máxima de um mês. 

2 - Vacinas

Não é necessário tomar nenhuma vacina. É aconselhável contratar um seguro de viagem que cubra cuidados médicos e assistência hospitalar. Não deve ingerir água da torneira e deve evitar os alimentos crus, excepto em restaurantes de qualidade.

3 - Moeda

A moeda oficial é o dinar jordano (JOD). Os cartões de débito e de crédito são aceites na grande maioria dos hotéis, restaurantes e grandes lojas. O dinheiro é o meio de pagamento preferencial nas pequenas lojas e nos souks. A rede ATM tem uma boa cobertura nas principais cidades.

4 - Idioma

A língua oficial é o árabe. O inglês é amplamente falado, em especial nas cidades.

5 -  Diferença Horária

UTC/GMT +2

6 - Eletricidade

220 V / 50 Hz. Na Jordânia, são usados seis tipos diferentes de tomadas (B, C, D, F, J e G), sendo predominante o sistema de tomadas de tipo G.

7 - Clima

A Jordânia é um país com sol ao longo de todo o ano, e chuva pouco frequente, concentrada nos meses de Inverno. A melhor época do ano para visitar a Jordânia é na Primavera (Março a Maio) e no Outono (Setembro a Novembro). Estas duas estações caracterizam-se por temperaturas agradáveis.Se visitar a Jordânia no Verão, não deve esquecer de levar roupas frescas que tapem o corpo e de incluir o protector solar e o chapéu na bagagem.

 

Itinerrio

A ordem das visitas poderá variar por motivos operativos

 

1º Dia – PORTO ou LISBOA / AMMAN
Comparência no aeroporto 120 minutos antes da hora prevista para a partida. Formalidades de embarque e partida em voos regulares com destino a Amman, via uma cidade de ligação. Chegada, receção e transporte para o Hotel Harir Palace ou Hotel Geneva Palace (Cat. 4*); para o Hotel Landmark ou Hotel Movenpick (Cat. 5*Std); para o Hotel Kempinski (Cat. 5*Sup). Alojamento.

2º Dia – AMMAN / MADABA / MONTE NEBO / PETRA
Pequeno-almoço no hotel. Logo pela manhã, visita da capital da Jordânia, com especial destaque para as mais importantes avenidas, centro urbano, o Teatro Romano e a Cidadel. Após a visita de Amman seguimos para a antiga cidade Bizantina de Madaba, rica em mosaicos. Visita da igreja Grega Ortodoxa de São Jorge, que alberga o famoso mapa da “Terra Santa” datado do séc. VI. Depois seguimos em direção ao famoso Monte Nebo, donde se tem panorâmicas deslumbrantes de toda a região. Daqui se diz, Moisés ter parado para admirar a “Terra Prometida”. Aqui se encontra uma Basílica Franciscana que conserva uma impressionante coleção de mosaicos com os primeiros símbolos cristãos. Continuação da viagem em direção a sul, para Petra. Chegada, jantar e alojamento no Hotel Petra Moon ou Hotel P Quatre Relax (Cat. 4*); no Hotel Old Village Resort (Cat. 5*Std); no Hotel Nabatean Castle Movenpick (Cat. 5*Sup).

3º Dia – PETRA
Pequeno-almoço no hotel. Conhecida como a cidade rosa, esculpida na rocha pelo povo nabateu e protegida por montanhas impenetráveis, Petra era uma cidade florescente até à sua conquista pelos romanos no início do séc. II. Manhã dedicada a visitar Petra, cidade misteriosa, num longo e estreito desfiladeiro, atualmente declarada Património da Humanidade pela UNESCO. Destaque para o Templo do Tesouro, o Teatro Romano, os Túmulos Reais e o Mosteiro. Para as pessoas mais ágeis, possibilidade de subir ao Altar dos Sacrifícios donde se tem uma impressionante panorâmica de toda a área. Regresso ao hotel e parte da tarde livre para um merecido descanso ou para descobrir a cidade. Jantar e alojamento.

4º Dia – PETRA / WADI RUM
Pequeno-almoço no hotel. Saída em direção a Al Beidha (cerca de 10 minutos), mais conhecida como “Pequena Petra”, acessível pelo Siq al-Barid (desfiladeiro frio), um desfiladeiro tão estreito que os raios solares nunca chegam ao fundo. Ao contrário de Petra, aqui a cor do arenito é branca. Num dos edifícios poderá observar frescos do séc. I. A 500 metros do desfiladeiro encontram-se as escavações de uma vila neolítica com cerca de 7.000 anos. Continuação da viagem para a Reserva Natural do Deserto de Wadi Rum. Este local deve a sua fama a Lawrence da Arábia, que no seu livro “the Seven Pillars of Wisdom”, o denominou de “Vale da Lua”. Explore este deslumbrante deserto num jeep 4x4 conduzido por beduínos da região (cerca de 2h). Após este emocionante passeio no deserto, transporte para o acampamento. Chegada, jantar e alojamento no Sun City Camp Wadi Rum ou similar.

5º Dia – WADI RUM / AMMAN
Pequeno-almoço no hotel. Em hora a determinar localmente transporte de regresso à capital da Jordânia, Amman. Resto do dia livre para atividades de caracter pessoal. Jantar e alojamento no Hotel Harir Palace ou Hotel Geneva Palace (Cat. 4*); no Hotel Landmark ou Hotel Movenpick (Cat. 5*Std); no Hotel Kempinski (Cat. 5*Sup).

6º Dia – AMMAN / CASTELOS DO DESERTO / MAR MORTO / AMMAN
Pequeno-almoço no hotel. Este dia será dedicado à visita dos Castelos do Deserto e do Mar Morto. Visitaremos 3 dos mais representativos denominados Castelos do Deserto. Trata-se de construções dos séc. VII-XI que eram utilizadas como Caravanserais, postos ou acampamentos de descanso, alguns como castelos militares para defesa dos seus territórios e vias de comunicação. De seguida, saída em direção ao ponto mais baixo da terra, a bacia do Mar Morto (400 metros a baixo do nível do mar). Poderá aproveitar para sentir a estranha sensação de um banho nas águas do mar Morto, desfrutando da panorâmica, com a cidade de Jerusalém a oeste. Ao fim da tarde regresso ao hotel em Amman. Jantar e alojamento.

7º Dia – AMMAN / AJLUN / JERASH / AMMAN
Pequeno-almoço no hotel. De manhã saída de Amman em direção a norte, onde a cerca de 60 Km encontramos Ajlun, para admirar uma das melhores obras de arquitetura militar Islâmica, o Castelo Sarraceno de Rabadh (séc. XII), construído por um dos oficiais de Saladino (Izzedin Usama), durante a campanha contra os Cruzados. Após a visita seguimos para a cidade greco-romana de Jerash, também conhecida como a cidade das 1000 colunas e que foi habitada desde o Neolítico. Aqui se conservam vestígios gregos, romanos, bizantinos e omíadas, sendo que a Idade de Ouro foi o período romano. Visita às ruínas desta antiga cidade e admirar o ótimo estado de preservação do fórum, anfiteatro, termas, teatro, templos, fontes e mercados. Tempo livre para compras nos bazares. Regresso a Amman, jantar e alojamento no hotel.

8º Dia – AMMAN / LISBOA ou PORTO
Pequeno-almoço no hotel (dependente do horário do voo). Transporte para o aeroporto e formalidades de embarque. Partida (entre as 03h15 e as 11h45) em voos regulares com destino a Lisboa ou Porto, via uma cidade de ligação. Chegada a Portugal ao final da tarde.

FIM DA VIAGEM
 

Inclui:

Passagem aérea em classe económica para o percurso Lisboa ou Porto / Cidade de Ligação / Amman e volta, em voos regulares, com direito ao transporte de 20 Kg de bagagem (1 mala);

Transporte do aeroporto ao hotel da categoria selecionada em Amman e vice-versa;

Circuito em viatura com ar-condicionado conforme o itinerário, acompanhado por guia local de língua  espanhola;

Estadia de 7 noites nos hotéis da categoria selecionada em regime de alojamento e pequeno-almoço;

6 Jantares;

Visitas e entradas nos monumentos conforme indicadas no itinerário, e passeio em viatura 4x4 em Wadi Rum;

Todos os impostos aplicáveis;

Taxas de aeroporto e combustível;

Seguro Multiviagens PVFM3K+COVID19 OT+CIV B.

No inclui:

Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa;

Despesas de carácter particular designados como extras;

Visto de entrada na Jordânia (aproximadamente USD 60).

Notas:

Os valores acima apresentados poderão sofrer eventuais alterações em caso de significativas oscilações cambiais, de custos de combustível e/ou taxas.