Grande Circuito de Marrocos, Ex Casablanca desde 1318.00

Maravilhosa combinao do Marrocos Imperial com trs das cidades que foram capitais das antigas dinastias reinantes daquele pas do Norte de frica, com a descoberta de locais emblemticos e tpicos como Erfoud, Merzouga, Tinghir, Ouarzazate e Ait Benhaddou.

1 - Requisitos de entrada

Os cidadãos portugueses não necessitam de visto para permanências em turismo com uma duração inferior a 90 dias, sendo apenas necessário apresentar passaporte com uma validade mínima de 3 meses.

2 - Vacinas

Para visitar Marrocos não é necessário tomar nenhuma vacina. As condições sanitárias nas áreas turísticas são aceitáveis. Nas áreas rurais, as condições sanitárias são deficientes. É aconselhável beber água engarrafada e evitar o consumo de alimentos crus. Deve contratar um seguro de viagem que cubra cuidados médicos e assistência hospitalar.

3 - Moeda

A moeda local é o dirham marroquino, 1 EUR é equivalete a 10.81 MAD. Os cartões de débito e crédito são aceites na maioria dos hotéis. Para fazer pagamentos em restaurantes e lojas é preferível pagar em dinheiro. Os levantamentos podem ser feitos nas caixas automáticas existentes nos principais centros urbanos de Marrocos
 

4 - Língua

As línguas oficiais são o árabe e o berbere. O francês também é utilizado regularmente, em especial nos principais centros turísticos do país.

5 - Diferença horária

GMT/UTC +0

6 - Eletricidade

220V /  50 Hz, tomadas tipo C e E

7 - Clima

Devido à diversidade e à dimensão geográfica, o clima de Marrocos pode ser dividido em quatro áreas climáticas com diferenças de temperatura e precipitação significativas ao longo do ano. Genericamente, as melhores épocas para visitar Marrocos são os meses de Primavera (entre março e maio), quando as temperaturas estão mais amenas, e de Outono (outubro e novembro), quando as temperaturas começam paulatinamente a baixar, após valores extremos da época estival.Os meses de Verão (junho, julho e agosto) são ótimos para visitar os destinos junto à costa como Saidia, Agadir ou Essaouira. As visitas às cidades localizadas no interior, como Marraquexe e Fez, devem ser evitadas neste período, devido ao calor abrasador..

Itinerrio

1º Dia – PORTO ou LISBOA / CASABLANCA
Comparência no aeroporto 120 minutos antes da hora prevista para a partida. Formalidades de embarque e partida em voo regular com destino a Casablanca. Chegada, receção pelo assistente local e transporte ao Hotel Movenpick (4*) ou ao Hotel Mogador Marina (4*) ou similar. Jantar (dependendo da hora de chegada do voo) e alojamento no hotel.

2º Dia – CASABLANCA / MEKNES / FEZ (320 Km)
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, visita da capital económica de Marrocos, com destaque para o mercado central, o bairro de Habús, o Palácio Real, a Praça Mohammed V, a zona residencial de Anfa e o exterior da Mesquita Hassan II. De seguida, partida para Meknes, a famosa capital Ismailia, conhecida pelas muralhas que a rodeiam, com uma extensão aproximada de 40 Km. Após a chegada, visita de Bab El Mansour, dos estábulos Reais e do bairro judeu. Continuação da viagem para a cidade sagrada de Moulay Idriss, com breve paragem no caminho para visita das ruínas da cidade romana de Volubilis. Chegada a Fez ao final do dia. Jantar e alojamento no Hotel Zalagh Parc (4*) ou no Hotel Les Merinides (4*) ou similar.

3º Dia – FEZ
Pequeno-almoço. Dia dedicado à descoberta desta encantadora cidade, declarada Património da Humanidade pela UNESCO e capital espiritual de Marrocos. Visitaremos a Medina medieval e os seus souks, o Palácio Real, as Madraças de Attarine e Bou Anania, a fonte de Nejjarine, o exterior do Mausoléu de Moulay Idriss e a Mesquita Karaouine. De tarde visitaremos a parte moderna de Fez. Jantar e alojamento no hotel.

4º Dia – FEZ / IFRANE / MIDELT / ERFOUD (485 Km)
Pequeno-almoço no hotel e partida em direção a Erfoud, via Immouzzer Kandar e através das montanhas e bosques de cedro do Atlas Médio, passando pela estação de esqui de Ifrane e por Azrou, importante centro de artesanato. Paragem para almoço (não incluído). De tarde, continuação da viagem passando por Midelt, Errachidia e o vale Ziz com extensas plantações de palmeiras, que são a fonte do festival anual em Erfoud. Chegada ao final da tarde. Jantar e alojamento no Hotel Erfoud Palace (4*) ou no Hotel Palms Erfoud (4*) ou similar.

5º Dia – ERFOUD / MERZOUGA
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, partida para visita da cidade sagrada de Rissani, onde se encontra sepultado Moulay Ali Cherif, antepassado da dinastia Alauita. Possibilidade de descobrir o souk de Rissani, ponto de encontro do antigo comércio de caravanas até Timbouctou, no Mali. De tarde, dirigimo-nos às dunas de Merzouga para admirar o espetacular pôr-do-sol sobre as dunas e passar a noite em tendas berberes. Jantar e alojamento acampamento Xaluca Basic Camp ou similar.

6º Dia – MERZOUGA / TINGHIR / OUARZAZATE (350 Km)
Pequeno-almoço no acampamento. Partida em direção ao Oásis de Tinghir, conhecido pelo impressionante desfiladeiro de Todra, com paredes rochosas que chegam a atingir os 250 metros. Paragem para desfrutar da região. De tarde, continuação da viagem para Ouarzazate, através da conhecida estrada dos 1000 Kasbahs, passando por Kalaat M’Gouna e a povoação de Skoura. Chegada a Ouarzazate, jantar e alojamento no Hotel Dar Chamaa (4*) ou similar.

7º Dia – OUARZAZATE / AIT BENHADDOU / MARRAKECH (225 Km)
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, visita panorâmica de Ouarzazate que incluirá o Kasbah de Taourirt, bem como o estúdio de cinema. De seguida, seguimos até o Kasbah de Ait Benhaddou, declarado Património Mundial da UNESCO, é a mais famosa fortaleza no sul de Marrocos, que serviu de cenário para variadíssimos filmes, como por exemplo “Lawrence da Arábia”, “Troia” e “Gladiador”. De tarde, viagem com destino a Marrakech através do desfiladeiro de Tizin’Tichka, com vistas panorâmicas das montanhas do Alto Atlas, bem como de vales férteis e aldeias de barro de cor azul e vermelho. Chegada a Marrakech ao final da tarde. Jantar e alojamento no Hotel Palm Plaza (4*) ou no Hotel Imperial Holidays (4*) ou similar.

8º Dia – MARRAKECH
Pequeno-almoço no hotel. Dia inteiramente dedicado à descoberta desta fascinante cidade, a segunda mais antiga das Cidades Imperiais e também conhecida por Pérola do Sul. Marrakech foi fundada pelos Almorávidas nos finais do séc. XI. A visita da cidade incidirá nos seus principais pontos turísticos, com destaque para os Jardins Menara, o Museu Dar Ssi Said, o Palácio de Bahia e o Minarete da Koutoubia. Almoço no hotel. De tarde, visita dos souks e do bairro dos artesãos, e do ponto principal desta vibrante cidade, a praça Djemaa El Fna. Alojamento.

9º Dia – MARRAKECH / CASABLANCA (240 Km)
Pequeno-almoço no hotel. De manhã, viagem de regresso a Casablanca. Chegada e transporte ao Hotel Movenpick (4*) ou ao Hotel Mogador Marina (4*) ou similar. Tarde livre em Casablanca. Jantar e alojamento no hotel.

10º Dia – CASABLANCA / LISBOA ou PORTO
Pequeno-almoço no hotel. Em hora a indicar localmente transporte para o aeroporto. Formalidades de embarque e partida em voo regular com destino a Lisboa ou Porto.

FIM DA VIAGEM
 

Inclui:

Passagem aérea em classe económica para percurso Porto ou Lisboa / Casablanca e volta, em voos regulares, com direito ao transporte de 20 Kg de bagagem (1 mala);

Transporte do aeroporto ao hotel e vice-versa;

9 Noites de alojamento em hotéis de categoria comfort (4*), incluindo o pequeno-almoço;

9 Refeições (1 Almoço e 8 Jantares);

Circuito em viatura com ar condicionado;

Todas as visitas mencionadas no itinerário acompanhadas por guias locais falando inglês, espanhol e italiano (dependendo dos participantes em cada partida);

Todas as entradas mencionadas no programa;

Todos os impostos aplicáveis;

Taxas de aeroporto e combustível;

Seguro Multiviagens PVFM Plus2K+COVID19 OT+CIV B.

No inclui:

Bebidas às refeições;

Gratificações (bagageiros, motorista, guia e restaurantes);

Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa;

Despesas de carácter particular designados como extras.

Notas:

Notas Importantes: Os valores apresentados poderão sofrer eventuais alterações até à data da emissão dos documentos em caso de significativas oscilações cambiais, de custos de combustível e/ou taxas.